1 / 2
2 / 2

Está procurando o horário de visitas?
Laboratório Unimed | Unidades
O que você procura? Médico, especialidade.

NOTÍCIAS

26/04/2022
Colaboradores do hospital estão entre os 60 profissionais reconhecidos pelo trabalho desempenhado no combate à pandemia em prêmio promovido pelo Coren.


Três profissionais de Enfermagem do Hospital Geral Unimed (HGU) estão entre os profissionais mais votados no estado para o Prêmio Protagonistas, promovido pelo Conselho Regional de enfermagem do Paraná (Coren/PR).

Dos 60 profissionais eleitos em todo o estado, quatro são de Ponta Grossa e três atuam no Hospital Geral Unimed (HGU): os enfermeiros José Carlos da Silva, do Pronto Atendimento; e Mireila Rogoski Acunha, da Unidade de Internação; e o técnico de enfermagem Marcelo de Almeida Krutsch, da UTI adulto.

O Prêmio foi criado para homenagear, destacar e reconhecer o trabalho dos profissionais de enfermagem no combate à pandemia de Covid-19 em 2020 e 2021.

A gerente assistencial do HGU, Luciane Zanetti, enfatiza que os períodos críticos da pandemia também afetaram os profissionais de saúde e relaciona com um contexto de guerra. “Lidou-se com o desconhecido, com cenário de incertezas, os profissionais sendo levados à exaustão e todos sendo colocados à prova. Reconhece e destacar aqueles que estiveram à frente desta batalha é uma oportunidade de reforçar o quanto foram e são especiais, corajosos e resilientes. O HGU se sente honrado e orgulhoso de ter estes grandes profissionais representando a equipe de Enfermagem da instituição”.

Para José Carlos, receber o reconhecimento fortalece a representatividade da profissão tanto entre os próprios profissionais quanto para os pacientes e a comunidade. 

“Estou na área hospitalar desde 95. Tenho me dedicado intensamente em fazer o melhor e esse reconhecimento desperta ainda mais o desejo de manter esse trabalho melhor e mais vivo. Nesse período de pandemia, vi a importância dos colaboradores na assistência do HGU, que fizeram a diferença, se dedicaram integralmente em fazer o melhor atendimento. Agradeço todos os colegas, amigos, familiares. A população teve a oportunidade de votar e votou em mim e nos meus colegas para representá-los”, orgulha-se o enfermeiro.

Ao saber do resultado, Marcelo volta no tempo e se emociona ao lembrar do período. “Quando perguntaram quem queria ser voluntário pra trabalhar com a Covid, senti um medo sem tamanho, mas fui com a coragem e o pouco conhecimento sobre a doença. Vivi, enfrentei, sofri, chorei, mas vencemos. Receber esse reconhecimento mostra o quanto a classe da enfermagem é forte e resiliente. E representa todos que contribuíram pra isso, os colegas que partiram, os que ficaram bem. Fica o agradecimento pela valorização ao que somos”.

A intensidade de emoções vivenciada durante o período pandêmico, de acordo com a enfermeira Mireila, refletem sobre o propósito da profissão. “Me sinto honrada e grata por poder participar dessa premiação. Foram dias de luta, incerteza, tristeza, angústia e também de muita esperança. Foi uma entrega incondicional ao cuidado do próximo, lutei junto com meus colegas, ao lado dos nossos pacientes e famílias. Nossa classe desde sempre trabalhou e trabalha muito, com ou sem pandemia. Portanto, todos são merecedores dessa linda homenagem, da valorização e do respeito. Que possamos continuar cumprindo esse propósito colocado em nossas vidas, vencendo os desafios diários”.

Todos os profissionais contemplados pelo prêmio irão receber durante um evento do Coren, no dia 12 de maio, a honraria máxima da enfermagem paranaense.